AÇÃO INTEGRADA REGISTRA TERCEIRA PRISÃO A PARTIR DO RECONHECIMENTO FACIAL NO PRÉ-CAJU 2023

Duas outras pessoas já tinham sido detidas no sábado, 4

Mais um homem foi detido durante o Pré-Caju 2023 com auxílio do sistema de reconhecimento facial, ferramenta empregada pela Secretaria da Segurança (SSP), com o apoio da Guarda Municipal de Aracaju. O caso foi registrado neste domingo, 5, último dia da prévia carnavalesca, na Orla de Atalaia, na capital, e resultou no cumprimento do mandado de prisão preventiva por roubo contra Paulo César Santos Júnior, de 25 anos. Esta é a terceira ação do tipo desde o início da festa.

O homem foi identificado pelo sistema de reconhecimento facial ainda na fila de acesso ao espaço do Pré-Caju 2023. Após constatação da presença de Paulo César no local, a equipe de policiais que faz o monitoramento na Delegacia de Turismo (Detur) acionou a guarnição da Polícia Militar, que realizou a prisão assim que o investigado se aproximou para a revista.

Dois reconhecimentos no sábado

No sábado, 4, aconteceram duas detenções após o reconhecimento facial. A primeira ação do tipo foi o cumprimento do mandado de prisão definitiva contra Valdemir Alves dos Santos. Ele havia sido condenado pela Justiça em decorrência do crime de homicídio. A prisão foi feita pela Polícia Militar, na região da Passarela do Caranguejo, após acionamento feito pelo monitoramento.

Também no sábado, o sistema de reconhecimento facial sinalizou a presença de outro procurado pelo Poder Judiciário, neste caso, Alisson Diego Santos, condenado por estelionato. O homem foi identificado quando estava na Avenida Santos Dumont, se preparando para desfilar num dos blocos da festividade.

Reconhecimento facial

Durante esta edição do Pré-Caju, estão em funcionamento 27 câmeras conectadas aos bancos de dados da segurança pública, a fim de identificar em tempo real a presença de foragidos do Poder Judiciário, a exemplo de Paulo César Santos Júnior, Alisson Diego Santos e Valdemir Alves dos Santos.

O emprego da tecnologia de reconhecimento facial tem sido possível graças ao trabalho integrado entre a SSP [Polícia Civil, Polícia Militar], a Secretaria da Justiça, do Trabalho e de Defesa do Consumidor (Sejuc) e Guarda Municipal de Aracaju, que atuam conjuntamente desde os preparativos para a prévia.

Os três foragidos da Justiça, detidos entre o sábado, 4, e a tarde do domingo, 5, foram encaminhados à Delegacia de Turismo (Detur), onde os respectivos mandados de prisão foram cumpridos. O trio já se encontra à disposição do Poder Judiciário, para adoção das demais providências legais que os casos requerem. O reconhecimento facial segue em funcionamento até o  encerramento do Pré-Caju 2023.

Fotos: Paulo César Santos Júnior (1), Valdemir Alves dos Santos (2) e Alisson Diego Santos (3).

Fonte: SSP/SE

Redação EmSergipe

Redação EmSergipe

Deixe uma resposta