AUDIÊNCIA DEBATE TRANSPORTE PÚBLICO NA REGIÃO METROPOLITANA DE ARACAJU

Sob autoria do deputado estadual Paulo Júnior (PV), a Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe (Alese) recebeu na tarde desta terça-feira (10), vereadores, gestores públicos com atuação em superintendências de transporte e trânsito, e usuários do sistema interligado, com a perspectiva de discutir ações capazes de qualificar o serviço ofertado todos os dias para mais de 120 mil pessoas. A audiência pública teve como foco a região metropolitana de Aracaju, composta – paralelo à capital sergipana –, também pelas cidades de Nossa Senhora do Socorro, Barra dos Coqueiros, e São Cristóvão. César Henriques Matos e Silva, Professor Doutor do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Sergipe (UFS), ministrou uma palestra sobre o tema.

De acordo com o deputado, a partir do momento em que a Casa Legislativa abre as portas para realizar atividades desta natureza, consequentemente passa a contribuir em maior escala com o progresso da mobilidade urbana, bem como atende aos interesses pleiteados pelos sergipanos, sobretudo aqueles que dependem do transporte público no dia-a-dia. Conforme destacado por Paulo Júnior, desde o final do mês de setembro a respectiva assessoria parlamentar esteve convidando representantes dos quatro municípios diante da proposta de impulsionar o debate. A audiência pública não foi restrita para contribuintes residentes nesta região.

“O debate sobre mobilidade urbana e melhorias do transporte coletivo de passageiros jamais ficaria restrito à região metropolitana de Aracaju, mesmo sendo este eixo o foco central da audiência. Reunimos profissionais responsáveis por estudos científicos, gestores dos quatro municípios, colegas parlamentares estaduais e municipais, além de passageiros que apresentam suas experiências diárias e contribuem demais com esta audiência”, avaliou o deputado. Dados apresentados pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju (Setransp), indicam que atualmente a região conta com uma frota composta por 527 ônibus, responsáveis por operar 97 linhas, além de 12 corujões que cobrem toda a região.

 

Respondendo pela Federação das Empresas de Transporte dos Estados de Alagoas e Sergipe (FETRALSE), Alberto Almeida destacou a iniciativa da Casa Legislativa, em especial a postura do deputado em convidar todos os setores para interagir durante a audiência pública. “Um momento de encontro coletivo, com o objetivo de discutirmos os avanços que este serviço público de tanta representatividade merece. Além de um plenário repleto de gestores públicos, contamos ainda com uma galeria que acolheu dezenas de pessoas, muitas delas usuárias do transporte coletivo. Torço para que mais audiências semelhantes a estas sejam organizadas pela Assembleia Legislativa”, destacou.

 

Representatividade

Usuária do transporte público, Caroline Santos – atual vice-presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT Sergipe) –, avaliou a audiência como positiva e destacou a necessidade de a população ocupar os espaços de fala, caso desejem contribuir para a articulação de mudanças nas políticas públicas direcionadas para este setor. A audiência foi conduzida pela Comissão de Obras Públicas, Desenvolvimento Urbano, Transportes e Turismo da Alese. De acordo com Carol, paralelo à solução de problemas vivenciados pelo transporte coletivo em todos os bairros da capital sergipana, é de fundamental importância desenvolver ações imediatas nos demais municípios que compõem a região metropolitana.

“Não dá para pensar em avanços na mobilidade urbana olhando apenas para os problemas enfrentados pelos aracajuanos; é extremamente importante discutir políticas públicas emergenciais também para Socorro, Barra dos Coqueiros e São Cristóvão. Ainda vimos nesta audiência que faltam informações básicas sobre o sistema interligado. Ou seja, esta reunião da Comissão de Transporte da Alese foi positiva, mas deixou evidente que precisa ser realizada em outras oportunidades. O assunto é muito grande e atinge milhares de pessoas”, avaliou. Presidente da comissão, o deputado Adailton Martins reconheceu a importância da audiência a fim de discutir o direito do cidadão ao transporte público de qualidade.

“Está contido na Constituição Federal de 1988 que estamos tratando de um direito público; reconhecemos os problemas que o Transporte Coletivo da região metropolitana de Aracaju enfrenta, mas estivemos reunidos para tratar dos avanços. Reunimos representantes de todos os municípios; vereadores, prefeitos, representantes de associações, superintendências de Transporte e Trânsito, passageiros, Banco do Nordeste, Delegacia Regional do Trabalho, enfim, uma audiência pública grandiosa e bastante produtiva”, destacou.

Presenças

Além do deputado Paulo Júnior, autor da audiência pública, a atividade foi prestigiada pelos deputados: Adailton Martins (PSD); Neto Batalha (PP); Garibalde Mendonça (PDT); Georgeo Passos (Cidadania); Luciano Bispo (PSD); as deputadas Linda Brasil (Psol) e Carminha Paiva (Republicanos); e pelo secretário-geral da Mesa Diretora da Alese, Igor Albuquerque. A Câmara Municipal de Aracaju (CMA) esteve representada pelos vereadores: Ricardo Marques, Breno Garibalde, Isac Oliveira, e Emília Correia. Alberto Macêdo, prefeito da Barra dos Coqueiros; e Marcos Santana, prefeito de São Cristóvão, também participaram. O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju esteve representado pela presidente, Raissa Cruz.

 

Fotos: Joel Luiz | Agência de Notícias Alese
Por Milton Alves Júnior | Agência de Notícias Alese

Redação EmSergipe

Redação EmSergipe

Deixe uma resposta