Bastidores: O churrasco de Lula e seus ministros

O jantar de confraternização do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, realizado na noite de quinta-feira, 21, na Granja do Torto, foi marcado por um ambiente amigável e de integração entre os convidados. Surpreendentemente, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, que enfrentou duras críticas do governo, e do PT, ao longo do ano, demonstrou estar bem relacionado com a equipe da gestão, segundo publicação do Estadão.

Chegando ao evento por volta das 20 horas, Campos Neto permaneceu até cerca de 23 horas, superando até mesmo o tempo de permanência de alguns ministros do governo. Segundo relatos, a atmosfera entre ele e o presidente Lula estava “amigável”, evidenciando uma melhora na relação entre Campos Neto e o governo, principalmente após anúncios de redução na taxa Selic.

O churrasco contou com a presença da ministra da Cultura, Margareth Menezes, e um trio feminino de Forró Pé de Serra. Além de Campos Neto, a confraternização reuniu ministros como Fernando Haddad (Fazenda), Alexandre Padilha (Relações Institucionais), Simone Tebet (Planejamento), entre outros, e o líder do governo no Congresso, Randolfe Rodrigues (sem partido-AP). O ministro da Casa Civil, Rui Costa, foi uma das ausências notáveis, em Salvador para cuidar de seu filho recém-nascido.

O presidente Lula, acompanhado da primeira-dama Janja, foi o primeiro a chegar, às 19h25, e deixou o local às 23h30.

O post Bastidores: O churrasco de Lula e seus ministros apareceu primeiro em Hora Brasília.

admin

admin

Deixe uma resposta