BRASIL SOB ALERTA VERMELHO: ONDA DE CALOR HISTÓRICA APONTA RECORDES DE TEMPERATURAS NOS PRÓXIMOS DIAS

Nos próximos dias, um fenômeno climático alarmante está previsto para atingir o Brasil, com uma onda de calor sem precedentes, intensificando-se de maneira atípica, especialmente na segunda metade da semana. As regiões Centro-Oeste e Sudeste, já habituadas a temperaturas elevadas em setembro, enfrentarão um calor ainda mais extremo, instando as autoridades a se manterem vigilantes diante da gravidade da situação.

De acordo com os meteorologistas, estados como Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Mato Grosso, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Distrito Federal, Rondônia, Amazonas, Pará, Tocantins, Bahia, Piauí e Maranhão, estarão sob um calor que oscila de intenso a extremo, com temperaturas rondando ou ultrapassando a marca de 40ºC. Destacadamente, o Mato Grosso e o Mato Grosso do Sul deverão vivenciar temperaturas alarmantes acima de 40ºC, atingindo picos de até 45ºC em certas áreas, como a região do Pantanal.

As projeções apontam que áreas significativas do Norte, Goiás, Sudeste e algumas regiões do Nordeste também testemunharão temperaturas que rondam ou ultrapassam os 40ºC. Cidades como Rio de Janeiro e São Paulo podem presenciar temperaturas flutuando entre 37ºC e 40ºC, possivelmente estabelecendo novos recordes históricos.

Estes recordes estão prestes a desafiar as máximas já registradas, como os 44,8ºC em Nova Maringá, Mato Grosso, observados em novembro de 2020, ou os 44,7ºC em Bom Jesus, Piauí, registrados em 2005. São Paulo, em particular, está sob vigilância para possíveis recordes de temperaturas, com dias consecutivos de calor extremo.

Cientistas relacionam este evento à presença de uma “cúpula de calor”, um fenômeno atmosférico gerado por uma área de alta pressão que retém ar muito quente por um período prolongado. Este episódio, concentrado entre o Paraguai e o Centro-Oeste do Brasil, ressalta a tendência de temperaturas elevadas características do fim do inverno e início da primavera na região central do país, ultrapassando as marcas habitualmente observadas durante o verão. Este padrão é corroborado por dados históricos que demonstram picos de calor durante este período em diversas cidades, incluindo Goiânia e Brasília.

Nesse cenário, é imprescindível que a população esteja alerta e as autoridades tomem medidas preventivas para garantir a segurança e o bem-estar de todos diante do calor excepcional que se aproxima.

Fonte: Hora Brasília

Redação EmSergipe

Redação EmSergipe

Deixe uma resposta