DEPUTADA LINDA BRASIL DEMONSTRA PREOCUPAÇÃO COM ESTUDO DE RECOMENDA DEMISSÃO EM MASSA NA DESO

Demissão de quase mil trabalhadoras e trabalhadores da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso). Esse é o diagnóstico do estudo encomendado pelo Governo de Sergipe, ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Preocupada com esse alarmante estudo, a deputada estadual Linda Brasil (Psol) subiu, nesta terça-feira, 10, à tribuna da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), para repudiar o que considera “maldade de Mitidieri para enxugar a empresa antes de entregá-la de mãos beijadas à iniciativa privada”.

Para Linda, se o governador Fábio Mitidieri (PSD) seguir essa recomendação, junto com o fim da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS), que também vai promover demissões em massa,  ele entrará pra história como o inimigo número um da classe trabalhadora sergipana. “É muita perversidade em menos de um ano. Fábio tem feito uma verdadeira perseguição às/aos trabalhadoras/res públicos. Esse estudo sobre a Deso é um absurdo! Estamos falando de uma possível demissão em massa de sergipanas e sergipanos. Fábio está entregando a Deso à iniciativa privada, não importa o custo disso. Nesse caso, já estamos vendo que a conta é muito cara. Está custando empregos de trabalhadoras e trabalhadores”, disse Linda.

 
Em seu discurso, Linda também tratou sobre a nota emitida pelo Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Purificação e Distribuição de Água e em Serviços de Esgotos do Estado de Sergipe (Sindisan). Na nota, o Sindicato afirma que o estudo é motivo de preocupação. “Este documento, agora revelado, expôs as verdadeiras intenções do Governo do Estado, evidenciando os riscos que uma concessão dos serviços da DESO pode acarretar para centenas de famílias trabalhadoras e para o comércio sergipano, com as quase mil demissões previstas no documento”, diz trecho da nota lida por Linda.

A deputada cobrou mais transparência sobre esses estudos, maior diálogo com a classe trabalhadora da instituição e espera que o governador não siga a recomendação do BNDES. “É muito importante que esses estudos sejam apresentados à sociedade sergipana. Tudo é feito às escuras. É necessário que se tenha transparência. Precisamos saber os apontamentos, bem como as intenções do Governo sobre o futuro da Deso. E faço questão de reproduzir a pergunta feita pelo sindicato: Fábio, você mentiu ou não para as/os trabalhadoras/res da Deso?”, questionou Linda Brasil.

 
Por: Assessoria de Imprensa
Redação EmSergipe

Redação EmSergipe

Deixe uma resposta