Duas mil casas: Prefeitura de Socorro apresenta o Residencial Parque Nova Vida Socorro

Em uma manhã histórica, a Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro apresentou, nesta sexta-feira, 22, o Residencial Parque Nova Vida Socorro, um projeto emblemático que representa um novo horizonte para a habitação no município. O empreendimento, que será constituído por duas mil casas, destaca-se como um avanço significativo no acesso à moradia na região.

O evento, que marcou a continuidade do projeto de habitação do município, contou com a presença de autoridades, incluindo deputado federal e estadual, secretários municipais, representantes de autoridades sergipanas, do prefeito do município Padre Inaldo, e a marcante participação dos cidadãos de Socorro. 

O prefeito Padre Inaldo, em um discurso emocionante, expressou sua alegria pelo projeto e agradeceu ao Governo Federal, ao Presidente Lula, ao Ministério das Cidades, à bancada federal de Sergipe pelas emendas parlamentares e a todos os envolvidos que tornaram o Residencial Parque Nova Vida Socorro uma realidade. “O projeto que apresentamos hoje para a população de Nossa Senhora do Socorro e para os servidores do nosso município é um projeto de continuação do Programa Nossa Casa Socorro, que foi iniciado em 2017, onde mil famílias foram contempladas, famílias de baixa renda. Agora é um projeto que o Governo Federal lança para aquelas pessoas que moram de aluguel, aquelas pessoas que têm renda mais que desejam financiar sua casa própria, mas não têm condições de dar entrada. Nesse projeto novo do Governo Federal, a Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro vai dar o subsídio de até R$55 mil para aquelas pessoas que podem financiar a sua casa com uma renda”, explicou Padre Inaldo. 

O Residencial Parque Nova Vida Socorro foi cuidadosamente planejado para atender a mais de 400 famílias em sua primeira fase, que nesta etapa terá como foco os servidores municipais (efetivo, contratado e comissionado). Os critérios de seleção para os servidores municipais incluem menor renda, a condição de não ter sido beneficiário de programas habitacionais anteriores e não possuir financiamento imobiliário em seu nome ou em nome do cônjuge. Caso a demanda entre os servidores não alcance a meta estabelecida, o projeto será ampliado, ainda nesta fase, para atender também a população geral de Socorro, que deverá cumprir critérios similares para participação.

“São 18 anos de história e dentro dessas 5 mil unidades que a gente já construiu e já entregou. E esse é o nosso maior empreendimento. É um desafio muito grande entregar um bairro, praticamente, com 2 mil casas, onde vai ter presença de áreas comerciais, áreas de lazer, além da presença do poder público com creches e posto de saúde. Mas o mais importante nesses empreendimentos é a questão do conceito da parceria onde envolve o município em parceria com o governo federal, em somação com O Minha Casa Minha Vida”, declarou o diretor presidente da Construtora JFilhos . 

Todo o processo de inscrição, análise financeira pela Caixa Econômica Federal, aprovação, emissão da carta de subvenção (aporte) e, por fim, a assinatura do contrato, possuem transparência, são auditáveis e podem ser consultados sempre pelos órgãos de controle, a fim de garantir idoneidade e o rigor exigidos pela lei. Após apresentar os documentos, as famílias passarão por análise de crédito da Caixa e, se aprovadas, irão receber a carta de subvenção (aporte) para assinar o contrato de compra de sua casa.

Este projeto inovador inclui a importante iniciativa MCMV Cidades-Emendas, na qual a Prefeitura irá conceder uma única vez, por família, valores complementares para a entrada do financiamento habitacional, após aprovação financeira, de acordo com a faixa de renda das famílias:

R$ 55.000,00 para famílias da faixa de renda 1 (até R$ 2.640,00);

R$ 35.000,00 para famílias da faixa de renda 2 (de R$ 2.640,01 a R$ 4.400,00);

R$ 20.000,00 para famílias da faixa de renda 3 (de R$ 4.400,01 a R$ 8.000,00).

Esses aportes são cruciais para reduzir ou suprimir a necessidade de entrada exigida na compra de imóveis financiados, um grande apoio da Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro e do Governo Federal, para garantir a realização do sonho da casa própria. Além disso, aqueles que se enquadram nas faixas de renda 1 e 2 também receberão subsídio do Governo Federal, de acordo com a sua faixa. 

As inscrições para o programa estão previstas para serem abertas em 15 de janeiro de 2024 e serão realizadas exclusivamente de forma online, com os detalhes do site de inscrição a serem anunciados oportunamente. 

O Residencial Parque Nova Vida Socorro é mais do que um conjunto de moradias; é uma iniciativa que simboliza esperança, progresso e união para a comunidade. Representa um passo significativo em direção a um futuro onde cada família de Socorro possa desfrutar de uma vida digna e segura em seu próprio lar.

Por: Secom de Nossa Senhora do Socorro

Redação EmSergipe

Redação EmSergipe

Deixe uma resposta