EDUARDO LIMA REPUDIA AFIRMAÇÕES DE INTOLERÂNCIA RELIGIOSA CONTRA AS IGREJAS FEITA POR IZA MOURA

Presidente do CEDM afirmou que padres e pastores são responsáveis pela violência contra mulheres

O vereador Eduardo Lima (Republicanos), por meio de um vídeo publicado nas suas redes sociais, na manhã desta terça-feira, 12, repudiou as afirmações preconceituosas e de intolerância religiosa contra o cristianimo, feita pela presidente do Conselho Estadual de Direito da Mulher (CEDM) de Sergipe, Iza Moura; durante a Audiência Pública realizada no dia 6 dezembro deste ano, para debater o Dia Municipal de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência Contra as Mulheres, na Câmara Municipal de Aracaju (CMA).

“Como presidente da Frente Parlamentar Evangélica da Câmara Municipal de Aracaju, venho a público me posicionar a respeito de uma fala da senhora Iza Moura, presidente do Conselho Estadual de Direito da Mulher, referente às igrejas. Sou pastor há mais de 10 anos e casado há 18 anos e sei o quanto as igrejas evangélicas têm trabalhado na sociedade e chegam onde o poder público não chega, por isso, combato de forma veemente e discordo a fala desta senhora”, disse o Eduardo Lima.

Durante a audiência, sem citar dados, Iza Moura afirmou que as Igrejas são ambientes onde mais se violentam as mulheres, e que esses crimes são cometidos por padres e pastores, e que tudo é feito em nome de Deus. Segundo ela, também sem citar dados ou informações, as principais guerras do mundo são em nome de Deus, e terminou a fala dizendo que os “terreiros” estão de portas abertas para curar as feridas que as igrejas causam.

Eduardo Lima também afirmou que irá apresentar uma moção de repúdio na Câmara sobre as falas preconceituosas contra as igrejas feitas por Iza Moura.

Por: Leonardo Teles, Assessoria de Imprensa do Parlamentar

Redação EmSergipe

Redação EmSergipe

Deixe uma resposta