EDUCAÇÃO DE CARIRA É DESTAQUE EM EVENTO PROMOVIDO PELO TCE

O município de Carira foi destaque, nesta segunda-feira, 5, no Painel de Referência – Estratégia Busca Ativa Escolar, promovido pelo Tribunal de Contas do Estado de Sergipe – TCE/SE. Na oportunidade, a coordenadora da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (Semece) do município, Ângela Oliveira, apresentou as boas práticas adotadas pela gestão municipal para atender ao que estabelece a estratégia para trazer de volta os alunos em situação de abandono ou evasão escolar.

O evento teve o objetivo de discutir os dados apontados no Relatório de Auditoria da área de Educação, que verificou o status de utilização da ferramenta tecnológica utilizada pelos municípios sergipanos que adotaram a estratégia Busca Ativa Escolar para cumprir a legislação no que diz respeito à garantia do direito à educação.

Em sua apresentação, a coordenadora destacou algumas ações exitosas da Prefeitura de Carira no Busca Ativa Escolar. “Uma delas contou com a mobilização intersetorial de secretarias municipais para realizar a matrícula de 5 crianças de uma mesma família, que não tinham sequer documentos pessoais. Em uma ação conjunta da Educação com a Assistência Social e a Saúde conseguimos resolver a questão documental e, em seguida, matricular as crianças na escola mais próxima da residência da família”, salientou.

“Providenciamos também mochilas, material escolar e transporte. As crianças estão inseridas e desenvolvendo de maneira satisfatória no ambiente escolar. Neste caso, garantimos ainda toda a assistência necessária à mãe, que está gestante, e entregamos à família roupas e cesta básica. Seguimos acompanhando e disponibilizando os meios necessários para garantir o acesso à educação a estas crianças”, complementou Ângela Oliveira.

Outra situação apresentada pela gestora da Educação de Carira foi a evasão escolar de alunos adultos identificada após a retomada das aulas presenciais no pós-pandemia e que foi resolvida a partir de medidas adotadas pelo Município. “Começamos a identificar na rede que muitos estudantes adultos com deficiência de aprendizagem não queriam retornar ao ensino regular. Eles aceitavam estar matriculados no atendimento educacional especializado, mas estavam rejeitando o ensino regular, embora eles precisassem estar matriculados nas duas modalidades”, detalhou.

“Buscamos oferecer outra alternativa, o EJA/EAD, eliminamos a distorção idade/série, e não perdemos a matrícula. Solicitamos visita à família e explicamos como ocorre a modalidade EJA/EAD, que foi aceita pelos alunos e seus familiares e hoje nos agradecem. A nossa EJA/EAD para os alunos com dificuldade no aprendizado tem o formato semipresencial. Eles estudam na plataforma de aula on-line com vídeos via WhatsApp. No dia de tutoria são entregues as apostilas e a aula presencial, a professora faz o roteiro e semanalmente ela atende esses estudantes”, ressaltou a coordenadora.

O secretário da Semece, Aldair dos Santos, reiterou o compromisso da gestão municipal de Carira com a qualidade da educação e a continuidade da busca ativa. “A educação é uma área essencial e continuará sendo uma prioridade da atual gestão. Vamos dar continuidade às ações positivas na área para garantir o acesso ao ensino de qualidade aos nossos alunos”, finalizou.

Por: Assessoria
admin

admin

Deixe uma resposta