GOVERNADOR ATENDE INDICAÇÃO DO DEPUTADO MARCELO SOBRAL (UB)

O deputado havia feito a indicação da inclusão do crustáceo na merenda escolar em março deste ano
Nesta terça-feira, 04, o governador de Sergipe, Fábio Mitidieri, anunciou a inserção do camarão no cardápio da merenda de 42 escolas geridas pelo Governo do Estado. A iniciativa foi fruto da indicação n° 144/2023, do deputado estadual Marcelo Sobral (UB/SE), que fez a solicitação a Fábio em março deste ano.
Segundo o parlamentar, a iniciativa auxiliará no ganho nutricional dos alunos, contribuindo para o aprimoramento do ensino-aprendizagem e trará apoio produtivo principalmente aos pequenos produtores. “Muito feliz pelo governador ter analisado nossa solicitação e visto a importância dela. O camarão é fonte de proteína animal rica em vitaminas e ômega 3, com bastante valor nutricional para os alunos da escola pública. Além disso, a aquisição do pescado é uma forma de apoiar os pequenos produtores aquícolas, fortalecendo a economia da região”, argumenta Marcelo.
Fábio Mitidieri revelou que inicialmente os colégios em tempo integral receberão o crustáceo, que será oferecido quinzenalmente. “42 escolas começam hoje a oferecer o camarão na refeição escolar, sendo mais de 20 mil alunos beneficiados. O cardápio será inicialmente quinzenal e a gente vai trabalhar para que depois passe a ser semanal”, explica o governador.
“Foi importante dar esse pontapé inicial, para, além dos alunos, beneficiar nossa agricultura familiar e os nossos produtores de camarão. Uma iniciativa que levará segurança alimentar para nossos alunos e gerará emprego e renda para os carcinicultores”, complementa Fábio.
De acordo com o governador, nos dias que o crustáceo for servido, será ofertada também outra proteína, para contemplar os estudantes alérgicos ao camarão.
Isenção do Pis/Cofins
Outra reivindicação de Marcelo é a isenção do Pis/Cofins da ração destinada à aquicultura. O parlamentar participou de audiência pública sobre o tema em Brasília, no mês de junho e, de acordo com ele, zerar os tributos dos pescados é uma medida de isonomia, pois o Pis e Cofins do frango e do suíno já são zerados.
AssCom/Marcelo Sobral
admin

admin

Deixe uma resposta