JORNALISTAS SOFREM AGRESSÃO POR AGENTES DE SEGURANÇA DE NICOLÁS MADURO

*Por Carolinne Souza

Durante coletiva de imprensa na noite da última terça-feira (30), com o presidente venezuelano Nicolás Maduro, no Palácio do Itamaraty, jornalistas relataram terem sido agredidos por seguranças de Maduro e por agentes brasileiros do Gabinete de Segurança Institucional (GSI).  

Durante uma entrevista de Maduro, os seguranças tentaram impedir a aproximação dos profissionais de comunicação e, no tumulto, a jornalista da Rede Globo, Delis Ortiz, foi atingida por socos no peito. Além de Delis, outros jornalistas também foram agredidos.  Após o acontecido, ela foi levada para uma sala do Itamaraty, onde recebeu atendimento médico e passa bem. 

Em nota, o Ministério das Relações Exteriores lamentou a agressão a profissionais de imprensa e afirmou que tomará providências para apurar responsabilidades.

A Secretaria de Imprensa da Presidência da República divulgou nota em que se solidariza com a jornalista Delis Ortiz e repudia toda e qualquer agressão contra jornalistas. A nota afirma que todas as medidas possíveis serão tomadas para que esse episódio jamais se repita.

Foto: REPRODUÇÃO/GLOBONEWS

Redação EmSergipe

Redação EmSergipe

Deixe uma resposta