Política Notícias

Georgeo: "é preciso resolver o problema da superlotação na ortopedia do Huse"

O deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania) trouxe à tribuna da Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe (Alese) a preocupante situação do setor de ortopedia do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse).

Por Em Sergipe

19/04/2024 às 17:20:39 - Atualizado há
Foto: FaxAju

O deputado estadual Georgeo Passos (Cidadania) trouxe à tribuna da Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe (Alese) a preocupante situação do setor de ortopedia do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). Em discurso feito durante a sessão plenária desta quinta-feira (18), o parlamentar cobrou uma solução urgente, após receber vídeos de pacientes que relatavam a superlotação e as condições precárias enfrentadas na unidade.

Na tarde desta quinta, acompanhado pelo colega deputado Paulo Júnior (PV), Georgeo fez uma fiscalização surpresa no hospital para verificar pessoalmente a situação. Durante a visita, foram recebidos pelo superintendente do Huse, dr. Bruno Moura, que afirmou se tratar de uma situação atípica e assegurou que, em até 10 dias, a unidade estará normalizada.

Atualmente, a unidade possui muitos pacientes internados aguardando por cirurgias. O superintendente prometeu que, através de parcerias com o Hospital Amparo de Maria (HRAM), em Estância, e do Hospital da Polícia, em Aracaju, vários procedimentos seriam realizados nos próximos dias para acabar com o gargalo. Georgeo Passos expressou sua preocupação com a situação e ressaltou a importância de garantir o atendimento.

“É preciso resolver esse problema da superlotação, afinal estamos tratando de vidas. Existem pessoas que estão aguardando a vários dias, sem previsão de quando a sua cirurgia será realizada. O João Alves é o maior hospital do Estado e merece toda atenção das autoridades. Por isso viemos fiscalizar para entender o que está acontecendo e cobrar uma resposta”, comentou o parlamentar.

Com a promessa de resolução nos próximos dias, Georgeo garantiu que retornará ao Huse em breve para uma nova fiscalização. “Vamos acompanhar de perto para garantir que as medidas necessárias sejam tomadas e mantendo o diálogo com os pacientes que lá estão. Em duas semanas estaremos aqui novamente e esperamos que não tenham mais pessoas esperando por seu procedimento sem sequer ter uma previsão”, finalizou o deputado.

Comunicar erro

Comentários Comunicar erro

Em Sergipe

© 2024 2024 - EmSergipe - Todos os direitos reservados
WhatsApp: 79 99864-4575 - e-mail: [email protected]

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Em Sergipe
Garotas em Goiania