PARLAMENTARES DE OPOSIÇÃO INVESTIGAM LIGAÇÃO DE FACÇÃO CEARENSE COM DESLOCAMENTOS PARA ATOS DE 8 DE JANEIRO

Nesta terça-feira (12), quatro parlamentares da oposição solicitaram acesso a documentos referentes à 16ª fase da Operação Lesa Pátria, conduzida pela Polícia Federal em 5 de setembro. Os senadores Flávio Bolsonaro (PL-RJ) e Eduardo Girão (Novo-CE) e os deputados André Fernandes (PL-CE) e Delegado Ramagem (PL-RJ) estão atrás de evidências que apontem uma “facção criminosa do Ceará” como financiadora de deslocamentos de ônibus de Fortaleza a Brasília, ocorridos no dia 8 de janeiro.

Os parlamentares declararam: “É essencial para a CPMI analisar todas as questões ligadas ao objeto da investigação em andamento no Congresso Nacional, que também visa identificar as entidades criminosas por trás dos atos violentos”. Eles apresentaram requerimentos idênticos solicitando que o STF, o Ministério Público do Ceará e a Polícia Militar do estado compartilhem as informações. Estes requerimentos aguardam votação na CPMI.

Fonte: Hora Brasília

Redação EmSergipe

Redação EmSergipe

Deixe uma resposta