POLÍCIA FEDERAL APREENDE CELULAR DE EX-DIRETOR DA ABIN APÓS DEPOIMENTO NA CPMI

A Polícia Federal apreendeu o celular de Saulo Moura da Cunha, ex-diretor da Agência Brasília de Inteligência (Abin), em busca de provas de sua comunicação com o ex-ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Gonçalves Dias.

 

Moura da Cunha compareceu para prestar depoimento nesta terça-feira à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI), a qual investiga os atos ocorridos no dia 8 de janeiro. Durante a sessão, declarou aos membros do comitê que, através do Whatsapp, tinha alertado Dias sobre potenciais ataques contra as instituições dos Três Poderes.

 

A alegação de Moura da Cunha é que ele havia enviado a Dias dois relatórios, sendo um deles em formato de planilha, evidenciando os alertas emitidos pela agência de inteligência. A veracidade desta afirmação agora será verificada por meio de uma perícia no aparelho confiscado.

 

Fonte: Hora Brasília

admin

admin

Deixe uma resposta