PRESTAÇÃO DE CONTAS: SECRETÁRIO DE ESTADO DA SAÚDE APRESENTA DADOS NA ALESE

A Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe recebeu, nesta quinta-feira (28), o secretário de estado da Saúde (SES), Walter Pinheiro, para prestação de contas da pasta referente ao primeiro e segundo quadrimestres de 2023. O evento foi realizado na Sala de Comissões Guido Azevedo, sede da Casa Legislativa, em Aracaju.

Secretário de estado da saúde, Walter Pinheiro

O secretário falou que o objetivo foi mostrar a prioridade que o governo tem ofertado para a Saúde Pública, sobretudo envolvendo os programas: Opera Sergipe, Enxerga Sergipe e Aeromédico. O gestor explicou que é necessário manter a Casa Legislativa e a população bem informados sobre as questões do setor.

“Esclarecer dúvidas, aqueles pontos críticos, os assuntos que estão em pauta, que temos bastante informações para compartilhar. É sempre uma grande oportunidade fazer parte desse momento”, afirmou.

No total, a SES teve uma execução orçamentária paga de quase R$ 1,5 bilhão. A receita estatal de serviços da Fundação Hospitalar de Saúde foi R$ 361 milhão, enquanto a Fundação de Saúde Parreiras Horta foi quase R$ 46 milhões, e a Fundação Estadual de Saúde (Funesa), foi de R$ 27 milhões.

Foram entregues 1.538.873 medicamentos no primeiro quadrimestre e 1.354.542 no segundo quadrimestre; a secretaria informou ainda que foram realizadas 18.901 cirurgias nos oito primeiros meses do ano.

Para o Acesso ao Tratamento Fora do Domicilio Interestadual, foram utilizados R$ 9.307.485,14, sendo atendidos, até o 2º quadrimestre 2023, o total de 3.655 pacientes e acompanhantes. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atendeu 39.320 ocorrências e o helicóptero atendeu 50 ocorrências.

O Opera Sergipe atendeu 1.663 casos, enquanto o Enxerga Sergipe recebeu 643 casos. “A gente sabe que saúde é a nossa prioridade do ponto de vista individual, coletivo e social, é ela que nos garante o nosso potencial de trabalho, é ela que oportuniza a gente colocar comida na mesa das nossas famílias então a gente tem que cuidar da saúde como prioridade para que a gente consiga avançar em outras entregas que também são importantes e prioritárias”, destacou o secretário.

Ele ainda enalteceu que o piso da enfermagem será colocado em prática em um curto espaço de tempo. “É importante a equipe toda se debruçar para concretizar no dia de hoje, começar a pagar. Provavelmente Sergipe é o primeiro estado que está fazendo esse repasse do recurso. São recursos da União, precisamos dar transparência e seguir critérios”, afirmou.

Walter Pinheiro contou também que o Programa Estadual das Organizações Sociais (Peos), aprovado em votação realizada na Alese, nesta quarta-feira (27), já está sendo pensado. Ele informou que a equipe está buscando as informações necessárias para fazer o melhor uso.

“Está numa fase de análise e estudo para que a gente possa executá-la com a maior seriedade possível, buscando quebrar paradigmas sempre com o objetivo de entregar uma saúde de mais qualidade, que seja com o critério de administração dos recursos mais profícua e eficiente do ponto de vista de taxas de conversão. Eu acredito que é um pontapé inicial do programa do Governa que atinge certamente a saúde como também uma das fontes executoras desse plano”, declarou.

Foto: Jadilson Simões/Agência de Notícias Alese
Por Wênia Bandeira/Agência de Notícias Alese

Redação EmSergipe

Redação EmSergipe

Deixe uma resposta