PROGRAMA PAPO CABEÇA FALA SOBRE VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER EM ESCOLA

A Assembleia Legislativa de Sergipe, através da Procuradoria da Mulher (Promualese), realizou, nesta sexta-feira (29), o programa ‘Papo Cabeça sobre a Violência contra Mulher’ para os alunos do Centro de Excelência Gonçalo Rollemberg Leite. A equipe técnica formada pela assistente social Marjana Almeida e a advogada Amanda Oliveira explicaram detalhes sobre o assunto.

“O Projeto Papo Cabeça tem sido muito importante, a gente está sendo muito bem recebido nas escolas. Tem que começar nessa idade a conscientizar, a explicar que está errado e não pode ser dessa forma porque muitos deles acabam vendo esse tipo de atitude dos pais em casa com as mães e normalizando, levando para seus relacionamentos futuramente”, afirmou Amanda Oliveira.

Ela disse que o objetivo é conscientizar as meninas e os meninos para que entendam o que é violência e como devem agir em casos que podem acontecer dentro de suas famílias. Ela falou que proteger a palavra de ordem.

“O que a gente tenta despertar nesses adolescentes é que eles sairam da barriga de uma mulher e que essa mulher muitas vezes está próxima sofrendo violência e a obrigação deles é proteger e incetivar essa mulher a sair daquele ciclo”, acrescentou.
A professora da turma, Zenaide Almeida, destacou a importância de ensinar a diferenciar os tipos de violência, já que pode ser física, sexual, psicológica, patrimonial e/ou moral. Ela disse que explicar é o primeiro passo para ajudar nesta educação social.

“Para eles se previnirem, observarem mais ao redor porque as vezes acontece dentro da família deles e muitas vezes eles normalizam. então é muito importante conhecerem, ter uma formação mais humanitária, para que quando tenham um relacionamento evitem esse tipo de comportamento”, declarou.

Fotos: Wênia Bandeira/Agência de Notícias Alese
Por Wênia Bandeira/Agência de Notícias Alese

Redação EmSergipe

Redação EmSergipe

Deixe uma resposta