WEBINAR GRATUITO DEBATE INFRAESTRUTURA E ECONOMIA NORDESTINA

Promovido pela Baker Tilly, evento aborda temas como turismo, tributação, logística de commodities, fusões e aquisições

São Paulo, junho de 2023 — A Baker Tilly, uma das maiores empresas globais de consultoria e auditoria, em parceria com a EMIS, plataforma de conteúdo estratégico sobre mercados emergentes, reúne, em evento online, especialistas de diversas áreas para debater o cenário de infraestrutura e economia no Nordeste.

No webinar, que acontece dia 14 de junho, às 9h, serão abordados temas relacionados a investimentos na área de infraestrutura na região e análises comparando países emergentes com desenvolvidos, perspectivas de financiamento, tributação, logística de commodities, fusões e aquisições e o fortalecimento do turismo local. Entre os nomes de executivos confirmados para a abertura estão Alexandre Labetta, Country Managing Partner da Baker Tilly Brasil, e Cristiano Di Girolamo, sócio líder da Baker Tilly Salvador.

O primeiro painel trata da infraestrutura da região e de países emergentes. O economista da ISI Emerging Markets Group, Adriano Morais, traz análises importantes sobre os maiores gargalos e deficiências da infraestrutura no Nordeste, investimentos potenciais e reflexões sobre o novo Programa de Aceleração do Crescimento do Governo Federal.

Em seguida, Leonardo Antoniazzi, Diretor de Auditoria de instituições financeiras da Baker Tilly, aborda as principais perspectivas de financiamento na área de infraestrutura. “Os bancos públicos e privados apresentam muitos incentivos interessantes que otimizam a captação de recursos, como o CRA, Fundos Imobiliários e Debêntures. Nosso objetivo é justamente mostrar esses caminhos para os empresários da região”, pontua Antoniazzi.

Já no painel sobre infraestrutura e tributação, Valdir Alonso, Diretor de Impostos na Baker Tilly São Paulo, mostra um quadro com o cenário das principais características dos benefícios fiscais oferecidos por cada Estado e o impacto da reforma tributária nos negócios na região. “A Bahia e o Pernambuco são as cidades que têm as maiores arrecadações do Nordeste – cerca de 10%. Mesmo assim ainda é pouco se comparado às regiões Sul e Sudeste do país. Esse fator evidencia um sinal de grandes oportunidades para as empresas e investidores, na região”, explica Alonso.

No quarto painel, Manoel Alves, Diretor da Baker Tilly Salvador, irá trazer reflexões sobre a logística de commodities, principalmente nos setores agrícola e de mineração. “O nordeste tem algumas áreas que estão experimentando um bom crescimento. No oeste da Bahia, por exemplo, há muitas plantações de algodão, soja e milho. A logística é a principal ferramenta para garantir o escoamento dessas produções e gerar competitividade no mercado”, pontua Alves.

Já o sócio da Baker Tilly Brasil, Henrique Premoli, aborda questões relacionadas aos processos de fusões e aquisições nos últimos anos. “Apenas 5% dos M&As aconteceram no Nordeste, o que, de certa forma, aponta o potencial econômico da região e seu espaço para crescimento. O que queremos mostrar é como o Nordeste tem sido privilegiado por operações de infraestrutura, principalmente operações incentivadas pelo governo, como concessões, privatizações e melhorias da malha viária”, adianta. “Nos últimos anos, a região também tem sido um celeiro para empresas de tecnologia – muitas startups iniciando e consequentemente muitas transações acontecendo. Em 2022, 52% das operações foram feitas nas áreas de informática e de internet. Outro setor que está se destacando é o da energia”, complementa Premoli.

Adriano Morais, economista chefe da ISI Emerging Markets Group, encerra o evento com uma análise sobre o turismo na região.

Inscreva-se gratuitamente e garanta sua participação.

SERVIÇO:

Data: 14/06/2023

Horário: 9h

Formato: Online

Sobre a Baker Tilly

Com receita anual de US$ 4,66 bilhões e cerca de 41,2 mil pessoas em 703 escritórios de 145 países, a Baker Tilly está entre as principais empresas globais de consultoria e auditoria. Em 2022,  a companhia no Brasil registrou um crescimento de 13%  – resultado que dá continuidade a uma década de crescimento consistente, somando um aumento de quase 40% desde 2017.

Por: Assessoria

admin

admin

Deixe uma resposta