Política Filho mais novo do Lula

Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher aprova repúdio ao filho de Lula por agredir ex-mulher

Justiça j√° determinou medidas protetivas, incluindo o afastamento de Lu√≠s Cl√°udio Lula do domic√≠lio conjugal e a proibição de qualquer contato com a v√≠tima.

Por Em Sergipe

19/04/2024 às 17:52:30 - Atualizado h√°

A Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher aprovou no dia de ontem (17/04) uma moção de rep√ļdio dirigida a Lu√≠s Cl√°udio Lula, filho mais novo de Lula, após ser acusado por sua ex-mulher de agressões f√≠sicas, verbais, psicológicas e morais. A iniciativa foi proposta pelas deputadas federais Silvia Waiãpi (PL-AP) e Coronel Fernanda (PL-MT).

No texto, as parlamentares destacam a repercussão do caso na m√≠dia e salientam que a v√≠tima foi afastada de seu emprego por um m√™s devido ao trauma das agressões, tendo sido hospitalizada por crises de ansiedade. Elas tamb√©m citam passagens das acusações em que o suspeito teria proferido ofensas como "doente mental", "vagabunda" e "louca".

As deputadas argumentam que a moção de rep√ļdio √© o m√≠nimo que se espera de uma comissão tão relevante e ativa como a de Defesa dos Direitos da Mulher, independentemente da religião, educação, raça ou inclinação pol√≠tica da v√≠tima. Al√©m disso, ressaltam a gravidade da suposta influ√™ncia exercida pelo acusado para evitar as consequ√™ncias das acusações, conforme relatado pela v√≠tima.

A defesa da mulher informou que a Justiça j√° determinou medidas protetivas, incluindo o afastamento de Lu√≠s Cl√°udio Lula do domic√≠lio conjugal e a proibição de qualquer contato com a v√≠tima. Segundo divulgado pelos jornais, Lu√≠s Cl√°udio Lula teria afirmado à v√≠tima que seu pai o protegeria das acusações de viol√™ncia.

Comunicar erro

Coment√°rios Comunicar erro

Em Sergipe

© 2024 2024 - EmSergipe - Todos os direitos reservados
WhatsApp: 79 99864-4575 - e-mail: [email protected]

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Em Sergipe
Garotas em Goiania